Blog, costura

O casaco de Tweed

Quem me acompanha no Instagram (aqui!) viu que eu estava fazendo um casaco de tweed. A saga começou quando iniciei o piloto no algodão cru… não, não, péra: tudo começou lá atrás, quando tive que fazer apenas 2 malas para vir para a Oceania e precisei selecionar à dedo tudo o que eu iria trazer.

Nunca fui de ter muita roupa. Pra ser honesta meu armário sempre foi pequeno e, com a mudança, tive que vender e doar muita coisa. A seleção foi apertada: é difícil colocar roupa, sapato, tecidos, material de trabalho, necessaires e livros em apenas duas malas. E nisso, meus dois casacos foram pro saco: um doado e um guardado.

Já vim pra cá com a idéia de costurar um, afinal “the winter is coming” e, depois de dar uma volta pelas lojas e ter assustado com os preços das coisas que eu gostava, a decisão era tomada: bora costurar um casaco para chamar de meu.

{se clicar nas fotos elas aumentam}

1_pilotos

A base do casaco foi o molde que está na revista Burda Brasil n• 02. Peguei um algodão cru e iniciei o piloto pois acho importante provar antes de partir para o tecido escolhido. E a surpresa veio na prova: embora o molde seja muito bom, ele não era bem o que eu queria (achei a gola e a lapela grandes demais, além das mangas largas) então preferi ajustar o molde. Outra coisa que decidi fazer foi forrar o casaco, o molde não contém o forro mas fiz para ter o melhor acabamento possível.

O tecido escolhido foi Tweed de Merino e, para o forro, uma lã mais fina, acetinada, deliciosa e chiquérrima.

Já havia usado Tweed anteriormente e sei que ele desfia aos montes. Como (ainda) não tenho overloque, coloquei entretela nas laterais para estabilizar o danado do tecido. Mas não fiz isso em todo o corte: queria ver como ele se comportaria, se desfiaria muito ou não. Ao final da costura, estava desfiando “médio”, se tivesse colocado a entretela em toda volta, teria tido um resultado melhor (fica a dica).

1_entretelas

Fotos do processo:

Parte do corte:

2

Minha velhinha maravilhosa em ação:

3

50% costurado:

4

Os botões que usei:

6

Quando terminei o casaco, estava SURTANDO de alegria. Ele ficou lindo e me serviu certinho. Os ajustes que fiz encaixaram direitinho no meu corpo e, agora as mangas estão compridas (90% das blusas tem mangas curtas nos meus braços – snif)

Juro que tentei fazer fotos decentes, mas sozinha, em casa e sem tripé, é difícil. E me falem, “NAONDE” tem curso de pose de look do dia? Me ajuda, Katia? Luciane? HAHAHAHAAH

7 8 9

Na rua (na chuva, na fazenda…)

outside

O que aprendi/reaprendi fazendo essa peça:

  • mais uma vez e sempre: o piloto, para prova, é importantíssimo.
  • esqueci completamente de colocar bolsos, ou seja, da próxima vez anotar para não esquecer os detalhes.
  • senti falta de ter uma ombreira (OMG, nunca pensei que falaria isso na vida!) para dar uma estrutura melhor no ombro. Fica pra próxima.

Bom, é isso. Agora vou partir pro próximo projeto porque comprei uma seda linda e quero fazer uma blusa. Vou iniciar o molde dela no próximo final de semana e, assim que estiver pronta, posto aqui 🙂
Beijo,

Pat, quentinha

final

Obs. Se houver alguma dúvida ou sugestão, deixe aqui nos comentários. Vou adorar respondê-los. O link para o comentário está abaixo do título do post 🙂

 

32 comentários em “O casaco de Tweed”

  1. Pat, que coisa incrível esse casaco!
    Realmente a costura é empoderadora 🙂
    Acabamos não nos vendo antes de vc ir 😦 mas parece estar gostando daí, né?
    Me passa seu endereço por email! Quem sabe não dou um pulinho ai hehehe

    Ah, vc não precisa de curso de pose, já é modelo por Natureza 😉

    Bjs!
    Cris

    Curtir

    1. HAHAAHAH Cris, como vc é gentil, heim! Mas obrigada pelo elogio 🙂
      Sim, estou gostando muito, cidade deliciosa,clima completamente diferente de SP.. tudo muda, até a respiração 🙂
      Depois te escrevo com calma! Beijo grande ❤

      Curtir

  2. Coco Chanel, é você?

    Pa-ti-taaaas, você é craque e musa demais! Minha gente, com toda humildade, você vai lá, faz de mansinho e não só arrasa no casaco digno de alta costura como também arrasa nos cliques charmosos? ❤

    Oin, que lindeza! Tô muito feliz que a vida via bem e produtiva por aí e que o apê já tá gracinha até para ensaio fotográfico!

    Um beijo da amiga que te adora,
    Ma

    Curtir

    1. Mazitas, sei lá porque diabos, mas seu comentário foi pra página de SPAM, OMG!
      Então,vc ta louca, ne? HAHAAHH. Mas olha, foi um exercício e tanto fazer este casaco.
      Ele ficou tão bom que quero fazer outros dois, vamos ver se consigo fazê-los antes do inverno chegar 🙂

      E quanto a casa, aqui ainda está SUPER pelado, vou ter que ser criativa pois não podemos “furar’ as paredes pra pendurar nada.. Temos algumas idéias, mas não fizemos nada ainda..
      beijo ❤

      Curtir

  3. 1) para com essa conversa que você não sabe tirar auto-retrato, #TATENOFOTOLINDA
    2) tô muito feliz por vocês!!!
    3) amei o casaco, lindo mesmo.. Tu é puro talento! ❤

    Bjo!

    Curtir

    1. Minha filha! eu sei que a banda toca assim, mas tirei quase 500 fotos pra escolher 10, hahaha!
      Mas ok, gostei das escolhidas, que bom que salvaram algumas 🙂
      Obrigada pelo carinho, Talis ❤

      Curtir

  4. Patricia que lindo ficou seu casaco, e vc tirou fotos lindas, cotidianas com ele, isso deixou a gente com mais agua na boca para fazer um. Sucesso linda!! bjs da Gi

    Curtir

  5. Pat,
    que saudade que bateu agora…. você escreve do mesmo jeito que fala… parece q vc está sentada na sua sala, contando como foi fazer o casaco!
    O casaco ficou lindo, eu não colocaria ombreira não…. Sobre as fotos, é assim mesmo, de 20 cliques um dá certo…. E sobre não poder furar a parede, não tem algum “comand 3m” neo-zelandês?? Não é possível que eles não tenham nada similar….
    Beijos

    Curtir

    1. OIe Sabrine, obrigada pelo seu carinho, hehehe. QUe bom que lembrou eu falando.. hj em dia tenho uma saudade tão grande da sala de aula, vc nem imagina.
      Quanto à 3m, aqui tem sim, eu ate comprei uns pra pendurar umas coisas, mas não os quadrinhos que Raphael desenhou.. Talvez eu faça isso logo pq a casa está tãaaaao sem graça hehehe.

      beijo!

      Curtir

  6. Ficou um ARRASO esse casaco! Amei seu cantinho virtual tb – seu blog tá muito a sua cara! Não canso de lembrar da minha primeira aula de costura no Rainhas… Beijo e desejo sincero de muito sucesso para vc em todos seus projetos. Êta gúria talentosa e linda!

    Curtir

  7. Oi, Patricia. Tudo bom?
    Estou com uma pulga atrás da orelha e só pensei em você para solucionar isso. Tenho um casaco l indo, vermelho, que comprei pronto (claro, ainda não estou fazendo de tudo para vestir, rs). Mas ele é um algodãozão bonito, só que não esquenta quase nada. Pensei se seria possível colocar um forro nele, alguma coisa que potencializasse o “esquentamento”. Não ligo de costurar tudinho à mão para ficar bonito, com costura meio invisível. Mas realmente não sei o que poderia usar para isso, nem se faria algum efeito. Alguma dica, ou pelo menos um encorajamento? Haha
    Obrigada, obrigada.

    Curtir

    1. OI Andrea, é super possivel sim, a parte mais “dificil” é reconhecer os moldes e corta-los corretamente, porque se vc topa costura-lo à mao, pode dar muito certo tbm.
      PRa aquecer, ja pensou em usar flanela ou fleece? Eu forrei um casaco com fleece e ficou muito bom, muito macio e quentinho. Nao sei onde tem fleece no Br, mas certeza que deve ter, já que (pra variar) é um tecido produzido na china e enviado pro mundo todo.
      Só toma cuidado pro forro nao ficar justo demais, ta? Boas costuras,
      Pat

      Curtir

  8. Olá Patricia td bem? Buscando mais informações sobre tecido, cai no seu blog e gostei muito! Parabéns! Gostaria de uma ajuda, sou iniciante em modelagem, sempre gostei e comecei a me aventurar mais agora. Queria saber que tecido você indica pra fazer um vestidinho infantil como esse do link https://br.pinterest.com/pin/123215739777892619/ é pra inverno mesmo e gosto desse xadrez, só que não faço a mínima ideia de como procurar rs. Muito Obrigada Bjus

    Curtir

  9. Olá Patricia, tudo bem? Parabéns pelo casaquinho!! Lindo!! Te encontrei pois gostaria de fazer laços para cabelo de tweed para a minha filha e li em seu blog que o tecido desfia muito. Além da entretela vc saberia de algo mais para estabilizar o tecido e montar o laço? Goma talvez? Obrigada.

    Curtir

    1. Oi Carol, nunca testei a goma no Tweed, mas acho que pode ajudar sim, viu!

      Uma coisa que faço é usar a overloque em todo o contorno do tecido,mas se vc não tiver essa máquina, de nada vale minha sugestão, hehehe. Mas vc pode tentar usar o zigue zague também.
      beijo, Pat

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.