Blog, costura, viagem

Conhecendo a loja Liberty, em Londres

Não lembro o ano, mas quando ouvi falar pela primeira vez nos tecidos da Liberty pensei: mas é isso, são essas florzinhas aí? Não conseguia entender o hype todo em cima daquelas estampas miúdas que encontramos similares na boa e velha 25 e Março. Passou.

tecidos-liberty

Mas em janeiro de 2014 viajei à Londres e ir à Liberty era compromisso marcado na agenda: no decorrer dos anos fui lendo e vendo diversas fotos sobre a loja e estava curiosíssima para conhecê-la! Para quem não sabe, a loja existe desde 1875 e inicialmente o fundador Arthur Liberty vendia diversas coisas para casa, incluindo tecidos que ele trazia do Oriente. Em 1904 começou a estampar esses mesmos tecidos e aos poucos foi popularizando-se em Londres e depois, em toda Europa. Hoje, é referencia mundial em estamparia e a loja já fez (e segue fazendo) diversas parcerias com marcas distintas (Zara, Mac, Nike, Melissa etc), alem de ter uma seleção bem boa (e bem rica $$$) de roupas, sapatos, acessórios etc.

liberty_fashion_exhibition_02-min

Uma coisa bem interessante é ver o quanto a marca cresceu e passou a fazer tantas coisas diferentes mas a loja continuou com aquele perfuminho craft, mantendo um andar com coisas de costura (como um armarinho) e uma bela seção de tecidos. Abaixo, algumas fotos:

1 2 3

 1 –  a fachada da loja; 2 – parte da seção de costura ; 3 – manequins forrados

Esse andar de costura é muito completo de materiais variados e lindamente decorado. Problema mesmo é que tudo custa uma pequena fortuna, mas como olhar é permitido, fiquei um tempão paquerando tudo com calma.

Nesse dia não comprei nenhum tecidinho (nem nada) mas passei a ficar mais atenta aos tecidos da Liberty. Foi lá que vi que eles tem outras padronagens de estamparia (não somente as mini-florzinhas) e que os tecidos tem uma variação do tipo de base bem legal (explicarei isso no proximo post). Depois fiquei passeando pela loja e vendo tudo o que eles vendem, incluindo uma seleção linda e rica de roupas.

Apesar de ter me deliciado com tanta coisa linda (faz tem estar num lugar bacana, ne?) sai de la me sentindo duplamente pobre – risos – tudo é tão caro (em libras) que olha, é triste hahaha.

Mas vale o passeio e super indico à quem tiver viagem marcada à terra da Rainha.
No próximo post, minha primeira blusa feita com um tecido Liberty London.
Bj, Pat

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.