BLOG

Blog, costura

Casaco de inverno – aula de costura

Entre Agosto e Setembro de 2019 coloquei um projeto antigo pra rodar: o curso de um casaco de inverno.

Eu já havia feito este mesmo casaco em 2015, na Nova Zelândia (aqui) e, quando o frio foi dando seus sinais pelo Br, quis fazer outro.

A real é que acho a modelagem deste casaco bem linda e moderna: ele tem linhas retas, gola grande, uma assimetria na frente e uma manga que veste bem pois a modelagem é duas folhas. Logo, separei uma lã para costurar outro pra mim (que foi feito pela Raquel) e coloquei o curso em oferta. Eram dois horários: uma turma a tarde e outra a noite.

Programei 6 aulas de 3 horas para o desenvolvimento da peça mas não foi suficiente: fizemos em sete. Agora, que o tempo passou, só consigo lembrar dos detalhes de cada aluna pois, no fim, o melhor das costuras são as pessoas mesmo:

  • Casaco de lã | Patricia Cardoso
  • Casaco de lã | Patricia Cardoso
  • Casaco de lã | Patricia Cardoso
  • Casaco de lã | Patricia Cardoso
  • Casaco de lã | Patricia Cardoso

1- A Pati Garmendia trouxe essa lã rosa linda, levinha e usou um cetim vinho com bolinhas rosê pra combinar. O casaco dela foi finalizado à mão pois ela decidiu fazer os pespontos de alfaiate manualmente. Levou algumas tardes extras mas ficou bonito demais!

2- a Adri {que vinha de Itu para as aulas (!)} usou uma lã xadrezinha bem linda, porém, um pouco leve pro casaco. A manga dela deu um trabalho pra encaixar mas, uma hora, foi.

3- A Katia trouxe os tecidos históricos que foram comprados aaaanos atrás para outro projeto -que nunca rolou- e agora, virou um casaco pra ela. A lã brilhante é riquíssima: uma seda com lã, o forro, Liberty ( 💰😂) e o tecido opaco, uma lã de carneiro que ela encontrou na GJ e fiquei de cara, porque é um tecido muito interessante.

4- Larissa, a lhouca comprou um tecido tão chique e caro numa loja de alfaiataria aqui em SP que ficou ~receosa~ de usá-lo e correu numa loja baratinha pra comprar um tecido mais simples e começar a peça. O lance é que o tecido simples é também bem lindo (uma lanzinha texturizada e levemente acetinada) que o casaco ficou bonitão e ela deixou o tecido anterior pra um próximo projeto de frio. Eu amo o tecido baratinho, vou até na loja ver se ainda tem um teco pra mim 😜

5- A Raquel veio entre suas folgas do Senai e começou a costurar um com um sarja (que agora não tenho certeza entre verde ou laranja (!) e estava querendo colocar um detalhe de vivo em toda a volta. O casaco ganhou uma pausa pois a bonita teve um problema de saúde, mas logo ela pega ele de jeito.

6- A Mônica foi a mais contida: comprou um corte de sarja azul pra ver se o casaco ia servir legal nela e o fez com calma. Mas o show da Mônica veio das histórias que ela trouxe e nós jamais vamos esquecer da foto do frango desossado do curso de culinária que ela faz. 😂

7- A Andrea veio bem iniciante e com um algodão cru. Começou a montar o casaco mas recheou nossas aulas com histórias hilárias da fase enquanto esteve solteira, fazendo todo mundo rir. O casaco que ela fez era um teste, na sequencia migrou pro curso de iniciantes pois era mais proveitoso pro nível dela.

O melhor das costuras são as pessoas,  não tem jeito!


Fotos do processo de costura e alguns detalhes nas legendas das fotos:

  • Tecnicas de costura | Patricia Cardoso
  • Técnicas de costura | Patricia Cardoso
  • Técnicas de costura | Patricia Cardoso

Técnicas que experienciamos na construção do casaco: encaixe do forro (para quem nunca o fez), costura da cabeça da manga direto no manequim (faz uma boa diferença), uso da ombreira fininha pra deixar o ombro bonito e o “tapa miséria“, que deixa a cabeça da manga mais encorpada.

Foi ótimo estar com vocês, meninas! A cada grupo, uma junção de pessoas diferentes que se alinham num desejo de costurar e compartilhar ideias e histórias. É sempre um prazer. E olha, depois de sete quintas-feiras jantando pizza de alcachofra, precisamos nos reunir para outra rodada 😅🍕
E já tô torcendo para que tenhamos um friozinho decente neste ano para que possamos usar os casacos em paz, risos.

Aula de costura | Patricia Cardoso
Final do curso noturno do casaco de inverno

Just white people 💔 – como mudar isso?

E um aviso às navegantes costureiras: se der tudo certo, no inverno de 2020 terei este curso online! Vai ser bom demais poder levar este projeto para outros locais e acessar outras pessoas.

Beijo grande e boas costuras,
Pat

Blog, costura, textos

Onde encontrar máquinas de costura barata

Quer um guia agilizado de onde encontrar máquinas de costura com preço baixo?
Então venha!

maquina de costura
Máquina Husqvarna garimpada num site de segunda mão

Sou garimpeira e adoro ficar olhando coisas de segunda mão porque sempre, sempre encontro produtos legais. E também já tive muitas máquinas de costura, compradas de segunda mão tanto no Brasil quanto em países onde morei.
Claro que já comprei máquinas novas em lojas. Elas estão zeradinhas e é uma delícia abrir uma caixa de máquina e sentir aquele cheiro de novo 🌟.

Mas, pra quem está com o bolso apertado, resolvi montar um guiazinho de locais pra encontrar uma boa máquina sem sepultar seu bolso antes de começar a costurar. Vale pra outros objetos também, claro!

OLX: melhor lugar para garimpar, ever! A maioria dos produtos expostos na OLX são de pessoas física onde temos muito mais liberdade para negociar o preço, combinar a retirada etc. Na busca, não deixe de perguntar o estado da peça, se funciona, se falta algum acessório, a voltagem e tals.

Já comprei muita coisa pela OLX (três máquinas, uma lava louça, cadeiras, mesa.. ) e sempre rolou super. Indico demais, mas não deixe de ter cuidado.

Mercado Livre: Já foi melhor.
Hoje em dia há um montante de lojas grandes e, com isso, a busca torna-se exaustiva. Mas vale procurar por lá também pois é uma plataforma tão grande e tão famosa que muita gente continua anunciando.

Mecânicos de bairro: Já falei no meu vídeo antigo sobre máquinas de costura: mecânicos sempre tem boas máquinas, geralmente antigas e já reguladas.
Algumas alunas já encontraram boas máquinas por menos de R$200, acho que vale caçá-los e bater um papo pra ver o que eles tem.

Bazar de igreja: eu aaaaamo um bazar de igreja de bairro, já encontrei muitas coisas legais e com preços bem baixinhos. Nem sempre você terá informação sobre a máquina porque provavelmente ela veio de uma doação, mas acho que é a possibilidade mais barata mesmo.

Feiras de rua e mercados de pulga: mesma coisa do bazar de igreja descrito acima. =)

Antiquários: São os lugares mais caros, porém, não iria deixar de citá-los aqui.
Geralmente as máquinas estão em ótimo estado visual (pois muita gente compra ítens de antiquários para decoração), mas é o que eu disse alí em cima: preços mais salgados mesmo.

Pelo mundo:

Fora do Brasil, os sites que conheço são:
Nova Zelândia: Trade-me é principal canal. Procure por sewing machine.
Holanda: Marketplaats é o site pra coisas de segunda mão. Procure por Naaimachine.
Alemanha: O site de usados dele é um braço do Ebay, o Ebay-kleinanzeigen (sim, nome esquisitissimo como parte da língua alemã, risos). Procure por Nähmaschine.

Dicas pra quem for garimpar:

– pergunte o estado real da máquina. Diga pro/a vendedor/a que você tem vivência na costura e precisa de uma máquina que não dê problemas.
– Pergunte se pode testar a máquina antes de retirar ( então leve um retalho de tecido, linha e talvez agulha. Geralmente as máquinas ou as vendedoras não tem esses acessórios por lá)
– fuja das máquinas de mão, miniaturas etc.

Mais:
– aqui tem um post onde mostrei algumas máquinas de costura vintage lindinhas que encontrei quando procurava uma máquina na Alemanha ♥️
– sabe quem inventou a máquina de costura? Leia no post! https://patricia-cardoso.com/2019/08/09/inventor/

É isso! Eu nunca me arrependi das máquinas que comprei usadas, mas sempre comento que é preciso ter cuidado e cautela ao escolher. O dialogo aberto com a vendedora é importante, então não deixe de fazer suas perguntas.

E vc, tem sugestões de sites / locais onde encontrar máquinas baratas? Deixe aqui que eu atualizo o texto pra que possa ser útil para mais pessoas ✂️

Desejo ter ajudado,
Boas costuras,

Patrícia Cardoso