Blog, costura, textos

Daqueeeeele jeito

Que quem não tem cão, caça com gato a gente já sabe, mas olha, é cada gato que o povo arruma, viu! Olha essa que aconteceu dia desses na alfaiataria onde trabalho:

1b

Rapaz chegou todo faceiro com um casaco em mãos solicitando alguns ajustes. Fui lá e o atendi como de costume, fazendo todas as marcações necessárias para um bom trabalho. Anotei os dados dele, dei o prazo de entrega e fui para a mesa trabalhar.

Quando ele estava saindo, voltou e me falou: ó, cê pode arrumar o botão pra mim, por favor?
Abri o casaco e me deparei com essa presepada abaixo, hahahahaha:

2b

Um arame, juro!

Eu até quis rir, mas ele mesmo fez isso por mim e quebrou o clima pós susto.

Assim que ele saiu, retirei cuidadosamente o arame, conferi o estado da lã (achei que estaria estragada!) e segui com o serviço.

3b

Fico pensando: encontrar uma linha é mais fácil do que encontrar um arame, não?

otcg

Mas como não se sabe nada da história, melhor não imaginar nada. Vai que de repente o rapaz trabalha num escritório de uma metalúrgica, não é mesmo?

Enfim, recosturei o botão tomando cuidado para não encaixar a linha no mesmo buraco e tudo ficou bem 🙂

Logo mais postarei outras coisas da rotina do meu trabalho aqui no blog.
beijo,
Pat