Blog, costura, textos

Armário feito à mão

Dia desses arrumando meu armário tive uma supresa: boa parte das roupas que tenho (e praticamente quase tudo o que atualmente visto) foi feito por mim.

5

 

Engraçado que quando vivia no Brasil, mesmo já trabalhando com costura há muitos anos, havia feito poucas roupas pra mim. O motivo principal era que o trabalho ocupava TANTO do meu tempo que nas horas vagas eu ficava desmaida no sofá OU com minha família OU com minhas amigas, jamais em companhia da máquina de costura.

Quando precisava costurar algo (um presente, um ajuste rápido etc) era feito em algum minuto de folga entre as aulas e só. O restante era trabalho, programação de aulas, peças piloto, organização e administração de ateliê etc.
Quando rompi a sociedade e me desliguei definitivamente do trabalho passei um período bom de descanso e pude costurar um pouco. Foi nesse meio tempo que este blog nasceu e algumas coisas foram registradas aqui (as roupas que fiz nos anos anteriores ficaram sem registro, coitadas!). Naquele período rolou um estalo: eu só trabalhava! =(

2

Mas a mudança ocorreu aqui na Nova Zelândia.
Eu só tinha dois casacos quentes, sendo um esportivo / à prova d’agua e outro mais arrumadinho. Sabe o que eu fiz com este arrumadinho? Deixei no Brasil.

OI ?

Cheguei na NZ e levei um ~tapa na cara~ desse vento louco e me dei conta que a roupa que eu tinha não seria suficiente pro “winter is coming”, risos. Fui procurar um casaco e logo me assustei com os preços. É obvio que eu só gostava das peças mais caras e as peças mais caras nunca cabem no meu bolso. Decidi então fazer os meus casacos e não somente eles, mas tudo o que eu fosse vestir em diante.

O primeiro casaco foi o de tweed, depois a jaquetinha e em seguida, o vermelho.

x

A partir daí a produção de roupas não parou mais, aliada aos meus estudos de modelagem e depois o canal do Youtube.

Confesso que ainda estou muito longe da minha “meta” na manunfatura de casacos. É com eles que trabalho a maior parte do meu tempo na alfaiataria e hoje sei distinguir um casaco bem feito de um mediano – e não são os medianos que quero fazer, oras! – então há muito o que aprender ainda.

3Foto feita pelo @reifus no dia em que fizemos o primeiro vídeo pro canal.

De qualquer forma, armário handmade mal programado e bem alcançado me traz satisfação. Tanta coisa mudou nesse 1,5 anos em terras neozelandesas e eu sou super grata ao tempo que tenho aqui pra estudar e produzir. Também sou grata ao meu trabalho que é escola e me permite aprender um monte.

5

E é claro que eu sigo paquerando vitrines e às vezes tenho vontade de comprar uma coisa ou outra, mas como eu decidi costurar, não comprei roupas aqui na NZ. Nem meias, lingeries ou sapatos (falarei disso mais tarde), apenas tecidos e as máquinas de costura.

O que eu acho disso tudo? Indico a experiência à todxs.
Vai trazer um ganho gigante no conhecimento, um armário um pouco mais humanizado (porque infelizmente grande parte o que a gente consome é feito com mão de obra escrava) e provavelmente roupas  únicas para a sua vida.

Não sei quanto tempo esse “experimento” vai durar mas sigo com meus planos, que tem me trazido muita satisfação.
Até logo e boas costuras,

Pat

 

obs. para receber os posts no seu email, cadastre-se no box ao lado, alí em cima —>

Blog, costura

A blusa turquesa Liberty

Depois dos últimos posts sobre Londres, pulemos para Nova Zelândia / 2016

Daí que a loja de tecidos que fica perto da minha casa & tem a melhor seleção de tecidos ever enviou um email dizendo que eles haviam recebidos um lote inicial de tecidos Liberty. Um dia depois do trabalho, corri pra ver.

1

Confesso que não me animei muito, eram cerca de 10 ou 15 estampas com preços bastante salgados pro meu bolsinho de assistente de alfaiate e deixei pra lá. Mas como o diabo mora ao lado, em poucos dias recebi outro email informando que o lote completo dos tais tecidos estava na loja. E OLHA, gente, quanta coisa!

2

Não sei dizer ao certo quantas estampas eram, mas mais de 50, certeza. E em bases muito diferentes, ou seja, havia a possibilidade de encontrar mesma estampa no algodão ou cetim, na seda, no chiffon etc etc.. até malha com estampas lindas havia na loja (essas eu  nunca havia visto). Confesso que fiquei completamente apaixonada com aquela precisão absoluta nas estampas e com cartela de cores uma mais linda que a outra. Pena que minhas fotos não fazem jús à coleção, de verdade.

Ainda assim, deixei os danados lá – afinal, seremos honestas, eu  não preciso de tecidos, right? – Mas um dia a loja ofereceu 30% e corri pra comprar essa seda verde. Eu estava de olho em uma estampa uva, mas é basicamente a cor  que eu sempre compro e costuro, então decidi variar. Esse tom de turquesa escuro funciona com as outras coisas que já costurei e seria realmente um diferencial. Quis costurá-lo na hora.

3a

Já que, mesmo na promoção o tecido não havia sido barato, pensei em fazer uma blusa básica para aproveitá-la o máximo possível, assim como ESTA que uso à torto e direito e amo, amo <3. Cortei na mesma noite e entrei madrugada à dentro costurando (logo mais vou atualizar o post com o snapsave que precisa ser editado).

Abaixo, a blusa ornando com minha maquininha:

4a

Por fim, a blusa pronta, usando a mesma modelagem da anterior. Fiz um pouco mais larga que a pink e adicionei uma prega fêmea nas costas. Por dentro, todos os acabamentos em viés de cetim.

acab

Confesso que tenho um certo tesão em fazer a peça bonita por dentro. É meu segundo maior desafio (o primeiro é fazer uma modelagem boa e acertada). A blusa no manequim:

5a
No fim, apesar do tecido ter sido um pouco mais caro que os que costumo comprar, compensa ter gasto $32 e ter uma blusa num material de qualidade e com uma estampa/cor diferente das que tenho. Pensemos: com $32 compraria uma blusa bonita com um tecido sintético em uma fast fashion ou uma camiseta simples com uma malha boa. Então por essa conta, valeu o custo.

Amanhã farei uma foto com a blusa no corpo e atualizo aqui o post, assim como o snapsave da costura completa.
Boa semana,
Pat

obs. para receber os posts no seu email, cadastre-se no box aqui ao lado =)